Linha de produção parada, como evitar?

Mercado

Fazer analogias sempre facilita o desenvolvimento, o entendimento e a percepção para determinados problemas, certo? Então vamos lá, uma linha de produção parada é como um relógio que não marca a hora. O tempo não parou só porque o relógio deixou de marcar a hora; então, a linha de produção parada não faz com que o mercado pare de funcionar, negociar ou produzir, mas faz a sua empresa perder fatia neste mercado.  

Em outros conteúdos aqui no nosso blog apontamos alguns motivos pelos quais uma linha de produção corre o risco de parar. Os gargalos ou travas que acontecem no processo produtivo é um desses motivos e para eles apresentamos algumas soluções simples e executáveis.

Dentre os impactos que os gargalos podem causar estão o risco de uma linha de produção parada que interfere diretamente na: 

  • Diminuição da produtividade de linha como um todo;
  • Desmotivação da equipe;
  • Queda na qualidade do produto final;
  • Desgastes e conflitos internos;
  • Imprevisibilidade e perdas de prazos;
  • Impactos financeiros e de gestão, inclusive de estoque.

A linha de produção é “o óleo que faz fluir a engrenagem” de uma indústria, então quando acontece algum problema no ‘chão da fábrica’ os efeitos negativos aparecem como reação em cadeia. Perda de prazo, validade de contratos, insatisfação de clientes entre outros fatores que causam grandes prejuízos, quando se acumulam. 

Para evitar entraves na produção, perda de faturamento e todo o mal que pode se estender pelo processo logístico da produção à distribuição, é fundamental que a linha de produção não pare. 

Linha de Produção Parada – Medidas Preventivas

São muitos os motivos que podem parar uma linha de produção, desde a má gestão de estoque de insumos e matéria prima, até uma peça quebrada ou até mesmo falta de energia. Mencionamos anteriormente alguns problemas que isso pode acarretar.

Para evitar esses impasses, uma das primeiras medidas preventivas básicas é ter um gerador de energia próprio com capacidade para manter o funcionamento da linha de produção em caso de queda na rede externa. E aqui vale lembrar que existem tecnologias sustentáveis disponíveis no mercado para diminuir o custo desse gerador. Usar a tecnologia a favor da gestão de negócios é sempre uma ação inteligente.

Outro ponto que é de conhecimento dos profissionais que atuam na área, é estar com a manutenção dos equipamentos sempre em dia dentro de um cronograma onde não precise parar a produção a fim de fazer a manutenção da máquina.

Ter um plano de ação baseado em eventos anteriores será fator determinante para evitar paradas de produção ou minimizar ao máximo o tempo dessas paradas quando se fizer inevitável; afinal, imprevistos acontecem.

Softwares de gestão contribuem significativamente para elaborar os planos de ação, pois com os dados registrados no software será possível prever paradas e planejar ações preventivas e emergenciais. Para isso será fundamental identificar os problemas e assim vamos ao próximo ponto deste breve contexto.

 Faça as perguntas certas

Ainda que o problema seja uma peça quebrada na máquina, faça uma trilha de perguntas. Por exemplo: O que aconteceu? A peça quebrou? Como? Por que? O que ocasionou? Desgaste? Que horas? Quando foi a última vez que teve manutenção ou troca desta peça? 

Todos esses questionamentos e outros que podem surgir, irão contribuir na definição de cálculos tanto dos danos quanto da hora da linha de produção parada, além é claro de ajudar a identificar maneiras de corrigir o problema momentâneo e futuro. 

As ações para serem corretivas e assertivas precisam estar dentro de um cronograma de planejamento pensado estrategicamente para resolver a situação e minimizar ao máximo os danos. 

Para mitigar os riscos é fundamental fazer das medidas preventivas uma prática

  • Faça um fluxograma de causa e efeito
  • Classifique os ocorridos por categorias e, se possível, trace uma linha do tempo em que aconteceram
  • Tenha esses dados em um software que permita o cruzamento das informações

Com esses três tópicos alinhados será possível gerar um documento ou relatório que irá permitir uma análise minuciosa para determinar medidas e ações assertivas que diminuam as ocorrências.

Por fim, ter parceria com o suporte de empresas especializadas no assunto, como a Wenen, certamente pode ajudar. Com mais de 20 anos entregando soluções, a empresa possui equipamentos de última geração, suporte técnico e máquinas certificadas, garantia, peças originais, kits completos de manutenção, entre outros. No Intuito de antecipar os problemas que podem ocasionar uma parada em sua linha, a Wenen oferece também contratos de manutenção preventiva; assim você terá periodicamente a visita de um técnico especializado que irá monitorar os equipamentos antecipando eventuais problemas. E ainda, nessas visitas reciclar o treinamento de seus colaboradores e treinar os novos contratados, mantendo assim sua equipe apta a operar o equipamento. Uma equipe bem treinada se converte em menos erros operacionais. Conte sempre conosco!

Publicado em 21 julho de 2020